Boxing Day: por que aderir a essa tendência.

Já pensou numa liquidação, estilo Black Friday, após o feriado de Natal? Sim, isso já é possível, chamamos esse saldão pós-natal de Boxing Day. A origem do nome não possui nenhuma relação com o esporte boxe, mas sim com a palavra inglesa box, que em português, significa caixa. Dizem por aí, segundo o Wikipédia, que em tempos antigos, os patrões presenteavam seus funcionários após o feriado de 25 de dezembro com uma “caixa de natal”, cheia de produtos.

A modernidade transformou esses produtos em ofertas e conquistou os lojistas do varejo e, principalmente, do mercado virtual. Regi Mafra, diretora comercial e de marketing da id5, explica que essa é uma excelente oportunidade para fazer negócio e recomenda a prática, independentemente do segmento de mercado.

“Para quem possui e-commerce, existem diversas datas para obter o aumento nas vendas, sempre dá para aproveitar os ganchos do varejo e o Boxing Day [ou Boxing Week] é essa possibilidade de lucrar mais. Mas é fundamental que os preços ou descontos estejam atrativos”, disse.

A tendência nasceu nos países de língua inglesa: Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Canadá, para comemorar o dia 26 de dezembro, que visa liquidar todo o estoque de final de ano, oferecendo descontos consideráveis (algumas lojas no Canadá e nos Estados Unidos oferecem até 70%).

No Brasil, essa tendência vem sendo bem explorada desde 2012, quando grandes lojas, a exemplo do Walmart, Submarino, Netshoes e mais algumas outras aderiram aos descontos para movimentar as vendas de Natal, tornando-se uma “boxing week”. A ação foi uma iniciativa do site “Busca Desconto”.

Se você possui o interesse em montar sua loja virtual e, em breve, participar dessa e de outras ações, entre em contato com a id5 soluções web no botão abaixo. Caso já possua um e-commerce, conheça nossas estratégias para aumentar suas vendas.

Contato

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *