Como minha marca pode participar da Black Friday?

Veja como vender mais na Black Friday

Nós já falamos que a expectativa para Black Friday 2017 é uma das melhores. Isso, graças ao crescimento progressivo do e-commerce nos últimos anos. Ano passado, segundo matéria veiculada no site IG com dados apurados pela Ebit, esta data promocional rendeu ao varejo online R$ 1,9 bilhões de faturamento em apenas 24 horas.

Com a data se aproximando, muitos empresários devem estar se perguntando “será que ainda dá tempo de me preparar?” A resposta é sim! Claro que o ideal seria começar com antecedência, planejar e sair na frente da concorrência, mas, se você perdeu o time e não gostaria de ficar de fora, continue lendo esse artigo.

Negócios online já consolidados ou lojas físicas têm mais chances de atrair o público consumidor para sua promoção na Black Friday. Mas, para ter sucesso nas vendas, é essencial focar em tarefas práticas como preparação de estoque, logística e divulgação nos canais digitais. Antes de tudo é necessário oferecer descontos verdadeiramente atrativos, facilitar pagamentos e proporcionar a entrega gratuita do produto ou, ao menos, com baixo valor de frete.

“O próximo passo é massificar sua promoção nas mídias digitais. Use as redes sociais para oferecer conteúdos com dicas, tutoriais, instruções de uso, qualquer informação de valor sobre seus produtos. Lembre-se de que um feed promocional é chato. Faça parcerias com influenciadores digitais para falar sobre sua marca e invista em campanha de tráfego no Google com o intuito de atrair potenciais clientes até sua loja”, orienta a especialista em Marketing Digital, Alexandra Alves.

Faltam poucos dias, o tempo é curto. Se você não está seguro sobre as instruções acima, é melhor não arriscar agora.  Prepare-se para a Black Friday do próximo ano. Vale lembrar que sites ou e-commerces não responsivos ou minimamente adaptável para o smartphone, devem ser refeitos. Atualize sua loja virtual e prepare-se para 2018. Ainda de acordo com a matéria citada acima, no ano passado cerca de 20% das compras foram feitas via dispositivos móveis. “Não custa repetir: mantenha a atenção ao mobile”, aconselha a especialista.

Ainda falando sobre o meio digital, outra recomendação é garantir a melhor experiência para o cliente. Identifique suas personas e ofereça a elas praticidade agregada ao valor do produto. “Um bom exercício é pensar como seu cliente pensa. Esteja na mesma situação diante de milhares de promoções em diversos canais e buscando a melhor oferta. Qualquer empecilho no site já desestimula a compra”, concluiu. Além disso, identifique qual canal a sua marca se comunica melhor com seu público para otimizar as vendas.

Se você deseja implementar ações digitais para impulsionar suas vendas nessa Black Friday, converse com nossos consultores através do formulário abaixo. Temos algumas estratégias para seu negócio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *