Experiência do usuário: por que ela é tão importante?

Experiência do usuário é como o internauta se sente ao navegar pelas páginas do seu site.

Sua empresa está prestes a contratar a criação de um site ou e-commerce. Você ou a sua área de marketing já tem em mente como será toda a parte visual do projeto. Tudo certo! Será? Hoje em dia, uma das maiores preocupações no desenvolvimento de um projeto digital, seja um site, um app ou uma loja virtual, é a experiência que o usuário terá ao navegar em cada área da plataforma. Não adianta idealizar um layout sensacional se o projeto não for pensado para conquistar seus visitantes e levá-los a realizar ações relevantes lá dentro.

A boa notícia é que dá para unir o útil ao agradável, o que significa criar um projeto bonito e estimular ações como, por exemplo, o preenchimento de um formulário, uma compra online ou o download de um e-book. Isso é possível com as técnicas específicas de UX (sigla em inglês que, na tradução para o português, significa Experiência do Usuário).

As técnicas de UX são próprias para que a navegação seja fácil, intuitiva e induza a conversão. Sem elas, os projetos deixam a desejar no quesito eficiência. Sites com muitas informações acumuladas em um único campo de visão ou que não sejam responsivos atrapalham o desempenho e a possibilidade de conversão.

E-commerce Experience

Nos casos das lojas virtuais, a experiência do usuário deve ser levada sempre em consideração. Também é preciso monitorar outras taxas, a exemplo dos itens abandonados no carrinho. A UX é um dos fatores determinantes para que a compra seja realizada ou não. Lembre-se que o sucesso da loja depende exclusivamente da satisfação do seu cliente. Quanto mais satisfeito o usuário estiver, maiores as chances de indicações, levando a um aumento da base de clientes.

Se você deseja melhorar os resultados com seu site ou e-commerce, conte com a id5 Marketing de Resultados. Contate-nos através do formulário abaixo:

Um Comentário em “Experiência do usuário: por que ela é tão importante?

Carlos
4 de dezembro de 2017 em 23:16

Interessante.

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *