Vitrine virtual: um link entre a loja e o consumidor

Grandes empreendimentos já adotaram a iniciativa

Vitrine virtual facilita as compras e estreita contatos entre loja e consumidor

Em época de corre corre e de vida atribulada, sobra pouco tempo livre para ir às compras. Até mesmo a aquisição de produtos essenciais, como alimentos, torna-se um transtorno. A vitrine virtual chegou para solucionar esse problema. Por meio dela, as empresas encontram uma maneira mais fácil de expor seus produtos e facilitar a compra por meio de plataformas digitais.

Nos sites

Existem várias maneiras de agilizar o processo de aquisição. Via site, como é mais conhecida, a estratégia é parte fundamental dos ecommerces (ou loja virtuais). Categorizados, os produtos são escolhidos e imediatamente colocados num carrinho de compras. Ao final, o cliente preenche seus dados e escolhe a forma de pagamento e entrega da sua lista. A implantação do ciclo completo (da exposição do produto ao pagamento) vai depender do grau de maturidade e gestão do negócio. A mesma mecânica pode estar disponível via tablets e celular.

Na rua

Em espaços físicos (longe do ponto de venda), a vitrine virtual se utiliza de um painel com ilustrações dos materiais que estão sendo ofertados e que podem ser adquiridos através da leitura do código de cada produto. Trata-se de um tipo diferente de expositor, onde o consumidor não tem acesso ao bem, apenas pode observar a sua imagem e comprar sem desembolsar nenhuma nota física de real.

Supermercados e livrarias já aderiram à ideia e têm feito uso dessa tecnologia. Como funciona? Basta que o cliente posicione a câmera do celular em frente ao código do produto que quer comprar. Ao fazer isso, a pessoa é automaticamente direcionada à loja virtual da empresa, onde o item é adicionado ao carrinho. Após escolher todos os produtos, o pagamento é feito por meio de cartão de crédito e o bem é entregue dentro de um tempo estipulado. No caso de supermercados, esse prazo é, no máximo, de 48 horas.

Vantagens

A vitrine virtual funciona como um link entre a loja e o cliente que não tem tempo a perder fazendo compras. Para as empresas, representa uma forma de ganhar pontos com os consumidores, tornando mais prático o ato de comprar e, consequentemente, aumentando o fluxo de vendas. Para o cliente, a vantagem é justamente a comodidade, já que tudo é feito de forma rápida e segura. E o melhor: não é preciso carregar a feira até em casa.

É a tecnologia criando novas formas de fazer negócios e ampliando os horizontes para pequenos, médios e grandes empreendedores. Vale a pena experimentar!

Ps.: Ao decidir pela implantação de uma vitrine virtual, lembre-se de expor bem seu produto. Fotos e vídeos de boa qualidade, textos úteis e a facilidade de navegação irão diferenciar seu negócio da concorrência, além de escolher uma empresa que conheça bem a Lei de e-commerce para viabilizar seu projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *